Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Palavras chave

Últimos assuntos
» Canário Mehringer
Sex Mar 01, 2013 1:21 pm por Francisco C. Bom

» MUDA DE PENAS
Qui Fev 28, 2013 6:37 pm por Francisco C. Bom

» CANARIOS AGATA AMARELO INTENSO E NEVADO
Qui Fev 28, 2013 4:34 pm por Edson Oliveira

» AMAS SECAS
Seg Fev 25, 2013 8:08 am por Francisco C. Bom

» Apresentação de Francisco C. Bom
Seg Fev 25, 2013 8:00 am por Francisco C. Bom

» TIPOS DE CANTO
Dom Fev 24, 2013 10:57 am por Canaril UFC

» EVITANDO OS ANTIBIÓTICOS
Dom Fev 24, 2013 10:24 am por Canaril UFC

» Avaliação do Lipocromo
Dom Fev 24, 2013 10:19 am por Canaril UFC

» O FRISADO GIGANTE ITALIANO
Dom Fev 24, 2013 9:36 am por Canaril UFC

Agosto 2018
SegTerQuaQuiSexSabDom
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Calendário Calendário


História do Canário.

Ir em baixo

História do Canário.

Mensagem  Canaril UFC em Dom Jan 20, 2013 2:08 am

O primeiro documento conhecido que faz referência aos canários é o livro publicado em 1555,do autor Konrad Gessner,que lhes chama pássaros do acúcar,pensando que se alimentariam exclusivamente das folhas e colmos daquela planta.





Os primeiros conhecimentos sobre pássaros em liberdade devem-se ao naturalista Bolle.

Numa primeira fase o monopólio do comércio de canários pertenceu aos espanhóis.Primeiro como mercadoria trazida das ilhas canárias e,mais tarde,produto da sua reprodução em cativeiro.

Seguiram-se os italianos,que se teriam dedicado à criação e comércio de canários,com grande empenhamento.

Os navegadores holandeses tiveram uma influência extraordinária na difusão do canário na europa,pois nas suas viagens transportavam para familiares e amigos estas bonitas aves,que em pouco tempo se propagaram nos países baixos,ainda durante o século XV.

Nessa altura só pessoas abastadas possuiam canários ou outras aves,pois os seus preços atingiam quantias fabulosas.
Em Inglaterra,a Rainha Elizabeth teria recebido com grande satisfação um grupo de canários que lhe fora oferecido por Walter Ralleigh,aquando do seu regresso a Inglaterra e,ordenou que se fizesse a sua criação no palácio real.

A soberana também mostrou simpatia pela reprodução de canários,ao mandar colocar nos seus exemplares anilhas de ouro gravadas com o cunho real.

Em França o rei Luis XI por volta de 1480,mantinha canários nos seus aposentos reais.

No século XVII e prolongando-se até fim do do século XIX,os alemães foram as pessoas que mais se dedicaram à criação e exportação de canários, seleccionando a raça de canto.

A introdução do canário na Alemanha,deu-se pelo norte de Itália e ainda pelos Países Baixos.

Os criadores proliferavam por toda a parte entre a população das mais diversas camadas sociais.

A Bélgica tem a sua ligação à história da canaricultura,com a origem,selecção e difusão de um canário de raça de canto,denominado Malinois.

Mais tarde criaram o Bossu Belga que é o pai da grande maioria das raças de canários de grande porte.

Em Portugal o canário existe desde que se descobriu e se iniciou a exportação do canário silvestre.

Temos mesmo um canário tipicamente português,o canário Arlequim.É um canário variegado que desde há muito tempo se vê nas feiras.Infelizmente é uma raça pouco divulgada."

Fonte Excertos retirados do livro
"Guia moderno da Canaricultura"



*****************************************************************8

Canaril UFC afro
avatar
Canaril UFC

Mensagens : 104
Data de inscrição : 15/01/2013
Idade : 30
Localização : Sato André SP
Clube : SOBC

Ver perfil do usuário http://soscanarios.forumbrasil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum